Campeonatos
Publicidade

Por Victor de Abreu, para o TechTudo


A Vivo Keyd joga os play-ins do Mundial de Free Fire 2022 neste sábado (14), a partir das 10h, no horário oficial de Brasília. No total, dez times disputam quatro vagas para a final, que ocorre no dia 21 de maio. A equipe brasileira chegou nessa fase do mundial após ficar com o vice-campeonato da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) 7 e tentará se juntar à LOUD, que foi a campeã da liga e assegurou sua vaga na final antecipadamente.

O mundial acontece na ilha de Sentosa, em Singapura. Você poderá assistir às quedas ao vivo nos canais oficiais do Free Fire Esports no YouTube e na BOOYAH! Live. O canal de televisão aberta RedeTV! e o Space, na televisão fechada, também estarão transmitindo o evento.

Vivo Keyd lutará contra outras nove equipes por uma das quatro vagas na final do mundial — Foto: Divulgação/Garena Free Fire

👉 Como ganhar verificado no Free Fire? Tire dúvidas no Fórum do TechTudo

O formato da fase de entrada do Mundial de Free Fire 2022 colocará as participantes para disputarem seis quedas nos mapas Purgatório, Kalahari e Bermuda. As regras de pontuação são idênticas às regras da LBFF. As equipes poderão ganhar um ponto por cada abate conquistado e pontos por colocação também. Veja, na tabela abaixo, quanto cada colocação concede para as participantes:

Mundial de Free Fire 2022 – Distribuição de Pontos

Colocação Pontos
BOOYAH! 12
9
8
7
6
5
4
3
2
10° 1

Além da Vivo Keyd, a fase de entrada contará com Ignis Esports (América Latina), Fuego (América do Norte), All Stars E-Sport (Oriente Médio e Norte da África), House of Blood (Paquistão). Temos ainda a V Gaming (Vietnã), Attack All Around (Tailândia), ECHO Esports (Indonésia). Por fim, o torneio conta com a Todak (Malásia, Camboja e Filipinas), e LGDS (Taiwan). Devido ao bom histórico do Brasil em disputas mundiais, com o Corinthians campeão em 2019 e a LOUD com ao vice-campeonato em 2021, a Vivo Keyd está entre as favoritas para conquistar uma das vagas.

Outras equipes que podem dar trabalho para a Vivo Keyd são Attack All Around e ECHO Esports, esquadrões que vêm de regiões que já conquistaram o mundo uma vez e devem brigar pelas primeiras colocações nessa fase. Destaca-se também a LGDS, um time bastante experiente e que conta em seu histórico com uma quarta colocação no Mundial de Free Fire 2019.

Equipes nos play-ins do Mundial de Free Fire 2022 — Foto: Divulgação/ffesportsbr

Com informações de Liquipedia e ffesportsbr

Free Fire: veja cinco dicas para subir capa e jogar melhor

Free Fire: veja cinco dicas para subir capa e jogar melhor

Mais do TechTudo