Celular
Publicidade

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

TechTudo

O Moto G42 é o celular Motorola que chega ao mercado para substituir o Moto G41. Ambos os smartphones têm fichas técnicas parecias, mas há evoluções com a passagem do tempo. A câmera e o processador estão melhores na nova geração, enquanto a tela se manteve basicamente a mesma. Nas linhas a seguir, o TechTudo explora e explica todos os detalhes técnicos dos telefones.

Lançamento de junho de 2022, o Moto G42 tem preço de lançamento de R$ 1.699. Já o Moto G41 chegou por aqui em fevereiro por R$ 2.199 e atualmente é visto na faixa de R$ 1.490 na Amazon, o que indica uma queda de R$ 710. Os dois celulares são ofertados em duas cores: azul e rosê (chamada de “champagne” na geração do G41).

Além do azul escuro, o Moto G42 também está disponível num tom rosê — Foto: Divulgação/Motorola

Tela e design

A tela do Moto G42 manteve as mesmas características do Moto G41. Isso significa que ambos possuem um painel de 6,4 polegadas com resolução Full HD+ (2.400 x 1080 pixels). Isso confere aos modelos uma densidade de pixels bastante generosa: 401 ppi.

A tecnologia das telas é o OLED. A taxa de atualização é de 60 Hz, que é a mesma do iPhone 13, mas que fica atrás de modelos intermediários como o Galaxy A23, que roda a 90 Hz.

Moto G41 tem design que lembra bastante o Moto G42 — Foto: Divulgação/Motorola

A carcaça do Moto G42 sofreu algumas intervenções estéticas, como no botão de energia, que ficou um pouco mais para baixo. Isso deve facilitar o acesso aos usuários que têm mãos pequenas.

Embora a frente dos dispositivos seja praticamente idêntica, o design da câmera foi redesenhado. Apesar de compartilharem o mesmo tamanho de tela, o modelo mais novo teve dimensões reduzidas. Além disso, o Moto G41 é cerca de quatro gramas mais pesado que o Moto G42, característica que não faz diferença na prática. A logomarca discreta da Motorola marca presença em ambos.

Câmeras dos celulares Moto

Nos lançamentos, a Motorola destacou a capacidade dos smartphones de fazerem fotos com boa qualidade. Os dois modelos contam com um conjunto triplo de câmeras traseiras, com sensores principais de alta resolução. Recursos como modo retrato, que desfoca o fundo das imagens, é marca registrada das duas gerações.

Moto G42 teve um pequeno salto na resolução da câmera traseira principal — Foto: Divulgação/Motorola

Os dois aparelhos contam com um conjunto traseiro composto por três sensores. Fica assim no Moto G42:

  • Principal de 50 MP (f/1,8);
  • Ultra wide de 8 MP (f/2,2);
  • Profundidade de 2 MP (f/2,4);
  • Frontal de 16 MP (f/2,2).

Já o arranjo fotográfico do Moto G41 fica assim:

  • Principal de 48 MP (f/1,8);
  • Ultra wide de 8 MP (f/2,2);
  • Profundidade de 2 MP (f/2,4);
  • Frontal de 13 MP (f/2,2).

Diferentemente do Moto G42, o Moto G41 tem estabilização ótica de imagem — Foto: Divulgação/Motorola

É preciso ressaltar que quantidade maior de megapixels não significa necessariamente fotos melhores. A fabricante promete fotos nítidas e claras.

Entre os destaques do arranjo fotográfico do Moto G41 é possível citar o estabilizador ótico de imagem (OIS), ferramenta que pode entregar registros sem efeitos tremidos por conta do movimento. Curiosamente, essa caraterística não está disponível para o Moto G42.

Para vídeos, os dois suportam gravação em Full HD a 30 quadros por segundo, não só pela câmera principal traseira, como pela frontal.

Desempenho e armazenamento

O processador que equipa o Moto G42 ganhou um salto significativo em relação à geração anterior. Agora, o componente é um Snapdragon 680 da Qualcomm que, apesar de ser intermediário, promete bom desempenho em tarefas um pouco mais exigentes. O chip tem oito núcleos de até 2,4 GHz de velocidade.

Moto G42 é um pouco mais rápido que o Moto G41, mas a diferença não deve ser percebida pelo usuário no dia a dia — Foto: Divulgação/Motorola

Enquanto isso, o Moto G41 oferece um Helio G85 da MediaTek, também de oito núcleos, mas com velocidade máxima de 2,0 GHz.

Para multitarefas, ambos modelos possuem 4 GB de memória RAM, que é um valor suficiente para executar o Android de maneira satisfatória para os padrões atuais. O armazenamento interno dos dois celulares é de 128 GB, expansível em até 1 TB via cartão microSD.

Bateria da Motorola

Esse é um ponto positivo dos modelos. A Motorola equipa os dois produtos com uma bateria de longa duração, com 5.000 mAh de capacidade. Essa especificação promete, de acordo com a fabricante, até dois dias longe da tomada. Os dois contam com tecnologia de carregamento rápido e o acessório acompanha os dispositivos na caixa, mas a velocidade de recarga no Moto G41 é mais rápida por suportar até 30W, contra 20W do G42.

A companhia ainda promete um melhor gerenciamento de bateria nos modelos. Vale mencionar que a fabricante manda o carregador e o cabo USB-C na caixa dos dois dispositivos.

Versão do Android

O Moto G41 sai de fábrica com o Android 11, mas a Motorola já confirmou a atualização para o Android 12. O Moto G42 já vem com o Android 12, versão mais atual do sistema do Google.

O Android 12 nos dispositivos Motorola utiliza a interface MyUX, de desenvolvimento da própria fabricante, que permite algumas personalizações de ícones e widgets. O visual pode ser personalizado em detalhes pelo usuário. Outras novidades da nova versão do Android incluem ainda a redução de 15% no uso de núcleos de alto desempenho.

Recursos adicionais

NFC presente nos dispositivos permite pagamento por aproximação — Foto: Divulgação/Motorola

Uma característica importante a ser mencionada é que os dois produtos contam com entrada P2 para fone de ouvido. Inclusive, quem adquirir o Moto G41 ou o Moto G42 leva para casa, além do carregador rápido e cabo USB-C, um fone de ouvido com fio e uma capinha protetora para proteger o dispositivo de quedas e arranhões.

As funções adicionais não mudam muito entre os dois produtos Motorola. Eles trazem recursos como leitor de impressões digitais e NFC, que permite realizar pagamento por aproximação. Sensores básicos, como acelerômetro e GPS, também marcam presença nos dois produtos da companhia. Vale mencionar que, além do carregador rápido, acessórios como fones de ouvido e capa protetora acompanham os dois aparelhos na caixa.

Preço do Moto G

O Moto G42 passou a ser comercializado no Brasil neste fim de junho pelo preço sugerido de R$ 1.699. Já o Moto G41 foi lançado globalmente em novembro de 2021, mas só chegou ao país em fevereiro deste ano por R$ 2.199. Ele já pode ser adquirido na Amazon por R$ 1.490, um desconto de R$ 710.

Com informações de Motorola

Moto G41 vs Moto G42

Especificações Moto G41 Moto G42
Lançamento novembro de 2021 junho de 2022
Preço de lançamento R$ 2.199 R$ 1.799
Preço atual R$ 1.489 R$ 1.799
Tela 6,4 polegadas 6,4 polegadas
Resolução 1080 x 2400 pixels 1.080 x 2.400 pixels
Processador Helio G85 MediaTek Snapdragon 680 4G Qualcomm SM6225
Memória RAM 4 GB 4 GB
Armazenamento 128 GB 128 GB
Cartão de memória até 1 TB até 1 TB
Câmera traseira Principal de 48 MP + ultra wide de 8 MP + sensor de profundidade de 2 MP Principal de 50 MP + ultra wide de 8 MP + sensor de profundidade de 2 MP
Câmera frontal 13 MP 16 MP
Sistema operacional Android 11 Android 12
Bateria 5.000 mAh 5.000 mAh
Dimensão e peso 161,89 x 73,87 x 8,3 mm, 178 gramas 160,4 x 73,5 x 7,99 mm, 174,5 gramas
Cores azul e champagne azul e rosê

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de agosto de 2022.

Mais do TechTudo